MORRE HOMEM QUE RECEBEU MAIS DE 3 MIL PICADAS DE ABELHAS EM LONDRINA

17/01/2013 14:00

O homem que foi atacado por abelhas em Londrina, nesta quarta-feira (16), morreu horas depois no hospital. Aparecido Gouveia Terra, 56 anos, recebeu cerca de 3.000 picadas e não resistiu aos ferimentos. Seu sepultamento acontecerá nesta quinta-feira (17), no Cemitério Municipal de Bela Vista do Paraíso (42 km de Londrina).

 

Terra sofreu o incidente no início da tarde desta quarta-feira, nas proximidades da Avenida Brasília, trecho urbano da BR-369. Três socorristas do Siate também foram feridos pelas abelhas ao tentarem salvar o homem e uma outra equipe dos bombeiros foi acionada, com roupas especiais, para controlar a situação.

Ele teve uma parada cardiorrespiratória e precisou ser estabilizado no interior da ambulância. Já no Hospital Universitário, ele foi mantido sedado, com medicação para pressão enquanto aguardava uma vaga na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

A assessoria de imprensa do HU informou que o óbito foi registrado às 22h26, causado por um choque anafilático. Foi ressaltado que, apesar de não estar na UTI, o paciente recebeu todo o tratamento necessário, morrendo realmente em virtude dos graves ferimentos.