CHEGAM OS SINOS DA MATRIZ DE ROLÂNDIA

26/11/2012 12:30

 

CHEGAM OS SINOS DA MATRIZ DE ROLÂNDIA

 

Os cinco sinos da torre da Igreja Matriz São José, de Rolândia, já podem ser vistos por quem passa no Centro Comunitário João de Deus, ao lado da Matriz. Os sinos, de tamanhos diferentes, chegaram “batizados”: São José é o maior deles (410 quilos), soará em Lá bemol; São Paulo (295 quilos) será em Si bemol; São Pedro (205 quilos) soará em Dó; Bento XVI (150 quilos) será em Ré e Dom Orlando, o menor deles, de 120 quilos, soará em Mi bemol.

A fundição de Sinos Crespi, de Pirituba-SP, é a responsável pela fabricação das peças. A empresa é uma das mais conhecidas do país – a família Crespi trabalha no ramo desde 1498 (na Itália e antes da descoberta do Brasil). Segundo o monsenhor José Ágius, uma outra empresa, a Belltron, do Rio de Janeiro, é que fará a instalação dos sinos. “É uma sistematização automática. Os sinos tocarão antes da missa da manhã, ao meio-dia e às 18 horas”, revelou o monsenhor. Os sinos custaram R$ 135 mil e sua instalação consumirá mais R$ 60 mil.

 

projeto da torre da paróquia São José de Rolândia.

fonte-jornalderolandia.com.br