VIGILANTES BANCÁRIOS DE ROLÂNDIA E REGIÃO PARAM DIA 1° DE FEVEREIRO

23/01/2013 14:49

Os vigilantes organizam para 1º de fevereiro um Dia Nacional de Paralisação que poderá se transformar em uma greve nacional,os vigilantes cobram além do pagamento imediato do adicional de vida de 30%, o atendimento a pauta de reivindicações da categora que inclui a recuperação das perdas com um reajuste salarial baseado pelo índice de inflação mais 5% de aumento real, R$ 20 de vale-alimentação, entre uma série de claúsulas sociais.

 “Será um dia de luta, um processo de mobilização de toda categoria, onde muitos bancos, o sistema de transporte de valores, órgãos públicos e privados estarão totalmente paralisados com o objetivo de mostrar nossa indignação com a ganância e o descaso patronal.

É um direito conquistado com muita luta e que deve ser garantido imediatamente. Queremos mais respeito e vamos à luta por valorização profissional e da vida e esperamos que nos seja apresentada uma proposta que contemple as reivindicações da categoria.

Estaremos na luta neste Dia Nacional de Paralisação sendo que no Paraná nosso indicativo é para a continuidade da paralisação por tempo inderterminado até que as empresas cumpram a Lei e atendam os outros pontos reivindicados pelos vigilantes”, informou o dirigente da  Confederação Nacional dos Vigilantes e Prestadores de Serviços (CNTV-PS).