ARAPONGAS PODE ENTRAR PARA A REGIÃO METROPOLITANA DE LONDRINA

ARAPONGAS PODE ENTRAR PARA A REGIÃO METROPOLITANA DE LONDRINA

 

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembléia Legislativa do Paraná deu parecer favorável à inclusão do município de Arapongas na Região Metropolitana de Londrina (RML). 

O projeto de lei complementar 426/12 é de autoria do deputado  Waldyr Pugliesi (PMDB) e foi apresentado em agosto de 2012. Na justificativa, ele informa que Arapongas está a 35 quilômetros de Londrina, distância menor do que a de outros municípios já integrantes da Região Metropolitana. Aponta ainda que a integração beneficiará moradores de Arapongas e outras cidades, "estabelecendo-se um maior fluxo de pessoas e serviços, aprofundando as relações sociais e aumentando a movimentação financeira da região". 

Relator do projeto na CCJ, o deputado estadual Tercilio Turini (PPS) destaca a importância do município como pólo industrial, principalmente no setor moveleiro, e diz que a sua participação fortalece a Região Metropolitana. 

"Arapongas é uma cidade em desenvolvimento, que já tem muitas ligações com Londrina na área econômica, com intercâmbio de negócios e também em atividades relacionadas ao comércio, lazer e prestação de serviços nas áreas de saúde e educação. É um município de destaque e também bem próximo territorialmente. Portanto, é muito positiva a sua inclusão porque vai fortalecer as reivindicações regionais nos programas estaduais e federais que atendem regiões metropolitanas", afirma Turini. 

Os municípios que integram a Região Metropolitana são Londrina, Cambé, Bela Vista do Paraíso, Jataizinho, Ibiporã, Rolândia, Sertanópolis, Tamarana, Primeiro de Maio, Alvorada do Sul, Assaí, Sabáudia, Jaguapitã, Pitangueiras, Florestópolis e Porecatu. 

Outro projeto ainda prevê a inclusão de Miraselva e Prado Ferreira.