GLOBO INVERTE HORÁRIOS DE PROGRAMAS EM BUSCA DE MAIS AUDIÊNCIA

GLOBO INVERTE HORÁRIOS DE PROGRAMAS EM BUSCA DE MAIS AUDIÊNCIA
A partir de segunda-feira, a Globo fará uma mudança estratégica em sua programação. O "Vale a Pena Ver de Novo", dedicado à reapresentação de novelas, troca de horário com a "Sessão da Tarde". Assim, a faixa de filmes passa a ir ao ar às 14h35, após o "Vídeo Show", e a reprise de "Caras & Bocas" vai para as 16h35. 

A mudança será implementada em todo o Brasil, após a inversão ser testada pela Globo nos Estados de Goiás e do Espírito Santo, além do Distrito Federal. Após a inversão, no final do ano passado, a emissora observou um crescimento de sua audiência vespertina. "Em Goiás, a Globo cresceu 3,4 pontos. No Distrito Federal, o crescimento foi de 1,7 ponto. E, no Espírito Santo, cresceu 0,4 ponto", diz o comunicado divulgado pelo canal. 

Com isso, espera-se que "Caras & Bocas", cuja média é de 13 pontos de audiência, segundo o Ibope (cada ponto equivale a 65 mil domicílios na Grande São Paulo), ajude a alavancar os capítulos de "Malhação". "É uma novela leve, romântica, com humor. E, sem dúvidas, o macaco Xico roubou a cena", diz o autor Walcyr Carrasco. 

De olho na mudança da programação da Globo, o canal pago Viva também alterou o horário de exibição de suas novelas. É que, em novo horário, "Caras & Bocas" seria exibida na mesma faixa que a reprise de "A Próxima Vítima", sucesso dos anos 1990. 

"O Viva não pretende programar suas novelas nos mesmos horários dos folhetins exibidos pela Globo. A intenção do canal é que as tramas de ambos os canais possam ser assistidas pelo público, sem conflito de horários", diz o comunicado do canal. 

Na mudança, o Viva antecipa o horário de exibição das reprises de "Malhação", "Água Viva", "A Próxima Vítima" e "Anjo Mau" que, a partir de segunda, passam a ir ao ar em sequência, a partir das 13h. 

Segundo Claudino Mayer, doutor em teledramaturgia pela Universidade de São Paulo (USP), o investimento em reprises de novelas no horário da tarde é uma tendência de mercado. "Com os ajustes da programação do Viva e da Globo, é possível assistir a tramas durante muitas horas. Esse tipo de programação já é apresentado pelo SBT e, além de fidelizar o público, gera lucro para os canais", diz, referindo-se à faixa de novelas do SBT, que começa às 14h30, com "Café com Aroma de Mulher", seguida de "Por Ela Sou Eva", "A Madrasta", "O Privilégio de Amar" e, então, "Chiquititas" e "Rebelde".

 
Alex Francisco
Folhapress