JORNALISTA FAZ ANDRESSA URACH CHORAR AO VIVO EM PROGRAMA DA RECORD

JORNALISTA FAZ ANDRESSA URACH CHORAR AO VIVO EM PROGRAMA DA RECORD

Andressa Urach passou por uma situação difícil nesta sexta-feira (25). Ela esteve presente nos estúdios da RICTV, afiliada da Record em Florianópolis, para falar sobre o lançamento do seu livro "Morri para Viver".

Durante a entrevista com os apresentadores do "Jornal do Meio-Dia", Andressa discutiu com Hélio Costa a respeito das escolhas que fez na vida e acabou chorando.

Hélio Costa fez perguntas de forma grosseiras e causou diversas saias justas ao vivo. Em uma das perguntas, ele disse: "Você saiu do Brasil para se prostituir?". Ela: "Foram muitas vezes, jogadores de futebol." Ele: "Quem por exemplo?" Andressa: "O Cristiano Ronaldo". Ao que foi interrompida: "Você foi atrás dele ou ele veio atrás de ti?". Incomodada, a loira atacou: "Você não leu o livro?". O jornalista disse que não pois havia recebido naquele momento.

Hélio ainda fez outras observações diretas: "Teu corpo era plástico, não era um corpo natural", sobre o uso de hidrogel.

Urach contou sobre as mudanças no corpo e o apresentador disparou: "Tudo pago com o dinheiro da prostituição?!". Andressa confirmou.

O clima esquentou quando o assunto foi o seu passado humilde, levantado pela apresentadora Karem Fabiani. Hélio Costa interrompeu a colega e disse que o fato de ser de uma família pobre não era desculpa para cair na vida.

"Para mim não é desculpa", disse. Andressa Urach perguntou: "Se o senhor fosse uma mulher e tivesse um filho e ele passando fome, o que faria? Deixaria ele passando fome?".

Já bem irritado, Hélio respondeu: "Estás pensando o que? A minha mãe tinha 5. Mas ela cuidava da vida, ela não caiu na vida como ti".

A discussão ficou tão acalorada que Andressa Urach se emocionou e chorou ao vivo rebatendo as interpelações de Hélio Costa.

Por fim, Karem Fabiani pediu a palavra e encerrou a entrevista dando informações sobre o lançamento do livro "Morri para Viver" em Florianópolis.

Assista a entrevista: