O QUE EXISTE NO BURACO MAIS PROFUNDO DO NOSSO PLANETA

No oeste da Rússia, se você souber onde procurar, vai encontrar uma pequena coleção de sucata de metal esfarrapado e concreto em ruínas –  o que não é tão emocionante. Mas se você explorar através dos escombros, você vai encontrar um disco de metal preso ao chão. Este não é apenas qualquer disco velho – é o alçapão que leva a um buraco de 12 quilômetros, o mais profundo da Terra.

O quão fundo é realmente 12 km, comparativamente? Bem, isso é mais profundo do que o ponto mais profundo do oceano, e é o buraco mais profundo que já foi escavado na Terra. É chamado Poço Superprofundo de Kola, e não tem nada a ver com a extração de petróleo! É apenas um maravilhoso instrumento científico.

Quando os cientistas soviéticos começaram a perfurá-lo durante os anos 1970, eles fizeram isso para saber mais sobre o conteúdo de sua crosta. “A verdade é que nós sabemos menos sobre o que está sob nossos pés do que o que está no outro lado do Sistema Solar”, diz Hank no vídeo mais abaixo. Ao longo dos próximos 24 anos, estes cientistas perfuraram cada vez mais, até que por volta de 1994, eles alcançaram 12 quilômetros. Essa passou a ser uma escavação recorde que permanece até hoje, e a tecnologia de perfuração que teve de ser desenvolvida para chegar lá é bastante notável.

Mas o que nós realmente aprendemos com todo esse trabalho duro?

Como o episódio de SciShow ao final do artigo explica, aprendemos muita coisa! Em primeiro lugar, o fato de que há água a 12 km na crosta da Terra surpreendeu os cientistas. E quase 7 quilômetros abaixo, eles descobriram fósseis microscópicos de 24 espécies de organismos unicelulares mortos há muito tempo.

Eles também ganharam acesso às rochas de 2,7 bilhões de anos de idade, o que é incrível, mas estas rochas se tornaram um desafio que os cientistas simplesmente não conseguiram superar. Por quê? Sua temperatura é de cerca de 180 graus Celsius – cerca de 80 a mais do que os cientistas previram. Será que algum dia descobriremos como chegar mais longe do que isso?

Confira o vídeo aqui.


Fonte:Mistérios do Mundo.org