RAPAZ É ENCONTRADO MORTO DENTRO DE CARRO EM CAMBÉ

RAPAZ É ENCONTRADO MORTO DENTRO DE CARRO EM CAMBÉ

 

Um rapaz foi encontrado morto por volta das 12h desta segunda-feira (13), na Estrada da Prata, em Cambé. Felipe Augusto Dalto, de 21 anos, foi executado com cerca de seis tiros dentro de um carro. 

De acordo com a Polícia Militar, a família dele registrou um boletim de ocorrência de desaparecimento ontem. Segundo a PM, o rapaz não possuía antecedentes criminais. 

A polícia recebeu uma informação de que Felipe teria se envolvido em uma confusão na última semana durante uma festa em Londrina. O crime vai ser investigado pela Polícia Civil.
O rapaz Felipe Augusto Dalto tinha 21 anos de idade e era morador da cidade de Cambé.
 
Lucas Emanuel Andrade - Redação Bonde/ fotos Bruno Costa
 
POLÍCIA PRENDE O SUSPEITO DE TER  MATADO JOVEM DE CAMBÉ 
 
Menos de 24 horas após ser comunicada de um homicídio, a Polícia Civil de Cambé (16 km de Londrina) prendeu o acusado de ter matado com seis tiros o jovem Felipe Augusto Dalto, 21 anos, encontrado morto no final da manhã dessa segunda-feira (13) na Estrada da Prata. Ele estava dentro de um carro Celta.

De acordo com informações da Rádio Paiquerê AM, Diego Adriano Ferreira, 24 anos, é acusado do crime e teve a prisão temporária decretada pela Justiça. E a motivação do assassinato teria sido passional, uma vez que a vítima estaria namorando a ex-mulher de Ferreira, de quem teria se separado há pouco mais de um ano e meio.

O acusado do crime teria tomado conhecimento do romance do casal e, desde então, estaria ameaçando a vítima. A Polícia Civil conseguiu imagens de câmeras de segurança onde aparecem Diego perseguindo Felipe com o seu veículo. Para chegar à prisão de Ferreira, houve o cruzamento dessas informações com ligações telefônicas e o depoimento dado pelo agressor na delegacia.

Felipe Dalto foi encontrado morto dentro do carro na zona rural de Cambé. Ele estava desaparecido desde domingo e os familiares já haviam registrado o boletim de ocorrência na esperança de o encontrar vivo. Dalto não tinha antecedentes criminais e também não possuia envolvimento com drogas.

 

odiario.com