SAIBA A VERDADE SOBRE A ESCAVAÇÃO QUE CAPTOU GRITOS VINDO DO CENTRO DA TERRA

Vozes vindas do centro da Terra: A Verdade!

Foi na Sibéria, em 1989, próximo a cidade de Irkutsk, uma expedição com uma perfuratriz, em uma tentativa para encontrar petróleo (e bater o record de buraco mais profundo), os geólogos da expedição encontram um pouco mais do que esperavam encontrar.

Quando a broca alcançou mais de 14.000 quilômetros de profundidade, deixou de fazer pressão, fazendo com que os geólogos acreditassem ter chegado a algum lugar oco, o que já seria uma coberta fascinante por si só. Mas encontraram algo ainda mais surpreendente: o centro da Terra.

Vozes do inferno

O Dr. Azzacove ou Azzacov, dependendo do seu nível de russo, cientista conhecido apenas pelo enorme buraco que teria cavado no chão da Sibéria, ficou surpreso com a descoberta.vozes-do-inferno-1

Segundo o relato, aos 14.000 metros de profundidade a temperatura encontrada foi de 2.000 graus Fahrenheit (1.093 graus Celsius). Apesar de tanto calor, os cientistas conseguiram introduzir, através da sonda, um microfone e ficaram pasmos com o que escutaram.

Na gravação era possível escutar nitidamente, vozes pedindo por agua e misericórdia, gritos tão desesperados que há relatos de que algumas pessoas passaram até mal, só de ouvir.

Foi então, quando a ciência não pode dar mais respostas, que eles partiram para a única explicação que conheciam: Tinham encontrado o local onde as almas pagam por seus pecados, o inferno bíblico.

Mentira?

Na época, as notícias sobre o buraco foram publicadas por um famoso jornal finlandês, o Ammenusatia, e lá se perguntavam se tinham realmente encontrado a prova para a bíblia.

vozes-do-inferno-2O Dr. Azzacove sempre se disse ateu, e ficou simplesmente abismado, estava ali a prova de que estava errado, a prova de que a bíblia estava certa e toda a crença da sua vida foi uma mentira.

Bom, acontece que na verdade, não foi bem assim que aconteceu. Esta é uma história baseada em acontecimento real, mas muito longe de ser essa a história original.

O tamanho do buraco foi de 12.000 metros e a temperatura que ali encontraram foram de 180 graus Fahrenheit, o que já era um grande feito, já que o estimado é que fossem encontrados ali 100 graus Fahrenheit.

A notícia foi espalhada pela boca a boca, assim criando se uma versão onde tomaria maior repercussão do que deveria de fato.

Desta forma, os meios de comunicação criaram até mesmo uma fita onde era possível ouvir as vozes e as lamentações das almas perdidas no inferno.

Na época, o acontecido deu grande alvoroço por parte das religiões. Algumas querendo colocar esta como prova de que o inferno existia, outras dizendo que o inferno jamais seria encontrado por uma pessoa que com um equipamento adequado tivesse chegado até lá.vozes-do-inferno-3

Mas o maior argumento destas pessoas era de que não seria possível que um ateu encontrasse o inferno, como se fosse um desapontamento pela religião cristã não ter conseguido provar o que um ateu conseguiu.

Acontece que, nem ao menos teve um Dr Azzacove, sendo esta também uma invenção para tornar toda a noticia um pouco mais sensacionalista, o que deu certo.

Mas há alguns mais teimosos que ainda acreditam de que a verdadeira história, é a primeira contada, assim sendo a tentativa de perder sua credibilidade, algo orquestrado pelas próprias forças do mal sobre a terra.

 

 

 

Fonte:http://www.softrapido.com/