VAL MARCHIORI VAI SE CASAR E AFIRMA QUE É UM VIAGRÃO NATURAL

VAL MARCHIORI  VAI SE CASAR E AFIRMA QUE É UM VIAGRÃO NATURAL

Val Marchiori e Evaldo Ulinski - casamento marcado para dia 23 de maio (Foto: Reprodução Instagram)

Val Marchiori queria um casamento discreto, intimista, só para a família, mas, obviamente, os planos da eterna e controversa ex-participante do reality-show 'Mulheres Ricas' caíram por terra. "A lista estava em 100 pessoas, mas agora nem sei mais dizer", disse a loura à coluna, que vai oficializar a união com o noivo, o empresário Evaldo  Ulinski, pai de seus dois filhos, Eike e Victor, gêmeos de 8 anos, dia 23 de maio, no restaurante paulista Leopolldo, no elegante bairro do Jardins. Ela tem 39 anos e ele, detalhe, 69.

Depois de muitas brigas e trocas de acusações na imprensa, o pedido de casamento aconteceu no ano passado, 6 de outubro, dia do aniversário de Val. "Hoje estamos numa fase muito boa, muito feliz. Tudo o que aconteceu nos fortaleceu. O perdoei e estamos tocando nossas vidas. Pelos nosso filhos, resolvi dar mais uma chance. Ele está outro homem, um ótimo pai. Sempre digo que ele vai ter que me aguentar e eu a ele até o fim. Nenhum outro homem vai me aguentar e vice-versa", afirma a socialite, que esconde detalhes sobre a comemoração. "Nunca tive sonho de me casar. Vamos celebrar nossa união. Nossos filhos vão se vestir iguais ao pai e levar nossas alianças. Vai ter show de Agnaldo Rayol e claro, muito champanhe, hello. Mas deixei tudo nas mãos dos meus assessores porque não quero ficar estressada. É para dar prazer e não quero ficar aquela noiva louca, mas dou minhas opiniões, como na escolha da embalagem do bem-casado, vinhos, comidas, enfim, detalhes. Não podem faltar flores lindíssimas, boa música e gente elegante. Meu casamento será black tie, hello", avisa ela.

O vestido, ela promete, será uma atração à parte. "Fui três vezes a Nova York no ano passado só para fazer a prova do vestido com Cid Green. Escolhi o modelito antes da data. Ele já fez roupas exclusivas para Madonna e costuma vestir musas do tapete vermelho do Oscar. Ele disse que sou uma mulher dramática, sensual e romântica, então, aguardem... E ele vem para meu casamento", diz ela. E quanto esse casamento vai custar? "Está louca? Não cuido disso não, meu bem. Não sei de nada disso".

Confira o papo que Val bateu com a coluna:

Sofreu algum preconceito pela diferença de idade de 36 anos de vocês?

As pessoas costumam aceitar mais quando o homem é mais velho do que a mulher. Eu sempre gostei de homens mais maduros, desde nova, porque sempre fui muito madura. Gosto de aprender, de admirar a pessoa que está comigo.

E a vida sexual?

Querido, hello, de uma vez vieram dois filhos. Preciso falar alguma coisa? Nunca tomei nada e nem ele. Sou eu quem pede uma trégua para ele. Pela idade dele, eu que falo: 'dá um time'. Devo ser o viagra natural dele. Às vezes, até por telefone ele fica louco. Eu sou um viagrão.

O que faz para se manter interessante?

Eu trabalho. Tenho uma transportadora com meus irmãos, ações, aluguéis, ajudo o marido, tenho os meus negócios. São muitos caminhões rodando o Brasil. Nunca vou parar de trabalhar. A mulher tem que se ocupar para se manter forte. Sei o que passei. O homem valoriza muito mais a mulher que trabalha para não ficar nas mãos dele. Um homem bem sucedido não quer um 'bibelô' dentro de casa.

É verdade que você pretende fazer cirurgias plásticas?

Evaldo acabou de fazer o rosto - pálpebra e pescoço -, ele estava precisando e ficou ótimo. Eu vou esperar mais um pouco, porque tenho amigas que passam um pouco dos limites e não quero ficar com a cara esticada. Gosto muito de malhar e vou fazer de tudo para protelar uma técnica invasiva. Não gosto daquelas mulheres com bocão, de olho arregalado, acho ridículo. Luiza Brunet é um exemplo, uma mulher que sabe envelhecer.

Você costuma ser muito crítica com a aparência das pessoas. Já pensou em fazer um programa dando dicas de estilo?

Ah, mas eu falo a verdade, não minto. Isso é engraçado, porque assim que souberam do meu casamento, a primeira coisa que as amigas perguntam é sobre a roupa. Elas estão há meses escolhendo o modelito e outras já estão até fazendo regime. Pretendo fazer um programa, um talk show, de 45 minutos, com o mesmo formato do Fashion Police, da Joan Rivers (atriz, comediante e apresentadora conhecida por seus maneirismos ríspidos, diversas cirurgias plásticas e sua capacidade de satirizar a si própria e a outras celebridades de Hollywood). Costumo dar palpite até para minha família, meus filhos. Joan é engraçada, inteligente, mete o pau, mas não desmerece. Ela fala a verdade.

Cite uma pessoa que você acha cafona...

É dureza falar assim. Tem tanta gente que se veste mal, mas Paula Fernandes é um exemplo. Sou fã dela, mas ela precisa de um personal stylist urgente.

Muita gente não gosta do que você diz. Tem medo das críticas?

Na TV é tudo exagerado, mas acredito que consegui mostrar quem eu sou por méritos próprios e que eu tenho brilho e luz. Hoje eu sou mais querida que odiada. Para as invejosas de plantão, beijinho na testa, que fica acima do ombro. Nada me atinge.

Pretende ter mais filhos?

Sabe que já fui louca por uma menina. O Evaldo queria, mas agora eu quero curtir. Vou pensar na proposta ainda e quem sabe no próximo ano. O problema é que, tanto ele quanto eu, temos gêmeos na família. Imagina se vierem mais duas? Tenho até medo de ter uma menina, porque eu ia mimar muito... Já a imagino pedindo: 'mamãe, eu quero vestir Chanel'. Mas em casa eu não dou vida fácil aos meninos. Sou até bem pé no chão.

Conte algo a seu respeito que ninguém conhece?

Sou super mãezona, vou buscá-los na escola todo dia, jogo bola com eles em casa e tenho uma avó que sempre que posso vou chorar no colo dela. Fico de short e camisa em casa também, nada glamouroso. Adoro passar os fins de semana jogando poker com Evaldo. E tenho minhas manias. Se eu levantar cinco vezes por noite para ir ao toalete, escovo os dentes em todas elas. E se bebo champanhe num dia, no outro só uso roupa branca.

 
 
Fonte: Revista Época