VEJA COMO FOI O CASAMENTO DE EVALDO ULINSKY E VAL MARCHIORI

VEJA COMO FOI O CASAMENTO DE EVALDO ULINSKY E VAL MARCHIORI

Nada de aves no cardápio do casamento de Val Marchiori com o rei do frango

O congestionamento recorde na noite de ontem em São Paulo atrapalhou a chegada dos convidados ao casamento de Val Marchiori e Evaldo Ulinski, marcado para as 20h30 no Leopolldo, nos Jardins.

Com uma hora e quinze minutos de atraso, Val entrou no salão do bufê de decoração assinada por Andrea Guimarães. Flores mosquitinho adornavam do chão ao teto, e o resultado ficou sofisticado e sem afetação.

A cerimônia foi celebrada pelo monsenhor Boanerges Waldemar Bueno. Simpático, o religioso disparou frases que arrancaram risos do público: “Seria mais difícil transformar água em champanhe do que água em vinho” e “Vocês descobriram uma coisa importante que ficou esquecida para muitos casais: a cumplicidade”. Val e Evaldo deram, então, uma bitoca e foram repreendidos: “Beijo só depois que o padre autorizar”. No final, ele deu o aval. E que aval: “Podem se beijar, mas não precisa ser selinho. Pode ser de língua”.

Com os filhos, Val e Ulisnki cantaram ao lado de Thiago Abravanel (Foto: João Batista Jr.)

Com os filhos, Val e Ulinski cantaram ao lado de Tiago Abravanel (Foto: João Batista Jr.)

Agnaldo Rayol cantou Ave Maria no momento da troca de alianças, o que deixou parte das convidadas emocionadas. Enquanto o casal assinava os papéis da união, Rayol cantarolou Eu Sei que Vou Te Amar. Encerrou com Eu tenho Tanto para lhe Falar. Nessa hora, Evaldo dividiu o microfone com o cantor. Todos aplaudiram, inclusive Lydia Sayeg, uma das madrinhas da noiva. Um drone sobrevoava o salão para registrar todas as cenas.

O cardápio do restaurante La Tambouille, que nunca faz serviço de bufê, era promissor: creme de mandioquinha com caviar e mousse de foie gras com damasco nas opções do coquetel.  De entrada, mais caviar (agora com salmão e gratin de lagosta). Tudo gostoso. A comida, entretanto, não chegou com tanta pressa à mesa quanto o champanhe Veuve Clicquot, servido com generosidade.

Os pratos principais foram servidos depois que a maior parte dos convidados já tinha deixado o salão (e atacado a mesa de doces). Algumas pessoas reclamaram que o ravióli estava gelado. Em compensação, o medalhão de filé mignon chegou ao ponto. Detalhe: o casal optou por não incluir aves (e Evaldo é dono do frigorífico Big Frango, um dos maiores do país).

O cardápio assinado pelo La Tambuille: caviar, filé mignon e nada de frango (Foto: João Batista Jr.)

O cardápio assinado pelo La Tambouille: caviar, filé mignon e nada de frango (Foto: João Batista Jr.)

Na sequência, o show de Tiago Abravanel levou todos para a pista de dança. Uma das mais animadas era Daniela Albuquerque, linda com um vestido de renda, assim como Penélope Nova e Brunete Fracarolli. “Eu acabei de chegar de Nova York. Ela mandou me buscar. Pessoas com condições fazem isso”, brincou Abravanel.

CENAS DA FESTA
- Thammy Gretchen se recusou a emprestar o recarregador de seu iPhone para uma das convidadas
- Agnaldo Rayol assistiu ao show de Tiago Abravanel cantando todas as músicas, bem em frente ao palco
- Raul Gil foi um show de simpatia e de animação. Fez fotos com todos que pediam
- O advogado Dilermando Cigagna Júnior, da época em que o casal estava estremecido, compareceu para testemunhar o novo capítulo
- Os filhos gêmeos do casal, Eike e Victor, dançaram e brincaram a festa toda. Só paravam quando seus pais os laçavam para beijá-los
- Íntimos de Val comentaram que ela nunca esteve tão feliz.

Fonte: Veja  Postado em 24/05/2014 por João Batista Jr.