VITOR BELFORT NOCAUTEIA DAN HENDERSON

VITOR BELFORT NOCAUTEIA DAN HENDERSON

A terceira vitória seguida de Vitor Belfort não poderia ter sido melhor. Ele nocauteou o veterano Dan

Henderson, neste sábado, no combate principal do UFC Goiânia, e fez o americano pela primeira vez em 16

anos saber o que é beijar a lona. Saiu ovacionado e com gritos de “o campeão voltou”.

Hendo, 43 anos, jamais havia sofrido uma derrota por nocaute. Conhecia revés no MMA somente por

finalização ou na decisão dos juízes. Belfort agora será o próximo desafiante ao cinturão dos médios e encara o

vencedor do duelo entre Chris Weidman e Anderson Silva, que se enfrentam no dia 28 de dezembro em Las

Vegas.

Durante o começo dessa semana, o presidente do UFC, Dana White, já havia se antecipado e afirmou que caso

Vitor vencesse Henderson ele seria o próximo desafiante ao título dos médios.

“Se ele (Vitor) bater o Dan Henderson nessa noite, ele com certeza vai ganhar uma chance de disputar o

cinturão dos médios”, falou o dirigente, também conhecido por nem sempre executar as lutas que promete.

Apesar de duelar pelos médios (até 84 kg) no desafio pelo título, a luta deste sábado foi nos meio-pesados (até

93 kg). O primeiro minuto foi todo estudado e os dois atletas nem se tocaram. Depois, ele derrubou Henderson

com um soco e começou a disparar uma avassaladora sequência de golpes. O golpe final foi um chute frontal

no rosto que fez Hendo cair.

“Quando alguém te falar que já éra, Deus vai lá e coloca mais uma vida em você. Eu conquistei, e você

também pode conquistar”, falou após a luta.